Na última terça-feira (4), os Movimentos Sociais, lideranças políticas e entidades de classes participaram, em todo o país, de atos em defesa de um Plebiscito pela Constituinte. Em Belo Horizonte, o ato foi realizado na sede do Sindicato dos Bancários de BH e Região e contou com a presença de cerca de 400 pessoas.

Durante a atividade, os participantes reiteraram a necessidade de se eleger uma Assembleia Constituinte para votar a Reforma Política.

Ao contrário das notícias divulgadas pela imprensa, a proposta desse plebiscito está assentada em um Projeto de Decreto Legislativo (PDL 1508/2014) que tramita na Câmara Federal. E nos quase oito milhões de votos colhidos em setembro e entregues aos três poderes da União.

A plenária de BH reafirmou a agenda nacional da luta pela Constituinte Exclusiva, que realizará – em 13/11 – atos nacionais em defesa dessa proposta.