O Partido dos Trabalhadores de Minas Gerais realizou no último final de semana (6 e 7 de maio), o 6º Congresso Estadual, etapa na qual foram eleitos a próxima presidente e direção estadual. Cida de Jesus foi reconduzida ao cargo de presidente do PT/MG pelo conjunto de cerca de 400 delegados que participaram no Congresso, no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte. Durante a abertura do encontro, o líder do governo na Assembleia, deputado Durval Ângelo, destacou a importância do Congresso.

“Nosso 6º Congresso acontece em um dos momentos mais graves da história do País, em que um governo golpista ameaça os direitos da população conquistados por meio de muita luta. Por isso, muito mais do que um processo partidário interno, o 6º Congresso reveste-se hoje de importância estratégica para o futuro da própria luta por democracia e justiça social”, ressaltou.

Durante seu discurso, Cida de Jesus conclamou a todos os militantes do Partido a trabalharem pelo fortalecimento do partido, integrarem a luta pela democracia e contra as reformas propostas pelo governo Michel Temer. ” Estou comprometida na organização de uma aliança de resistência que ajude a traçar o caminho para a retomada de um País democrático e inclusivo, com a eleição do companheiro Lula Presidente em 2018 e a reeleição do governador Fernando Pimentel, que tem mudado a realidade política de Minas Gerais”, destacou.