“Tempos Sombrios – Escritos Políticos 2015” é o novo livro do deputado estadual Durval Ângelo (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa de Minas Gerias (ALMG). A obra é uma compilação de artigos do parlamentar publicados no decorrer de 2015 em duas colunas semanais, no jornal O Tempo e no site Pautando Minas. Ela também reúne comentários nas redes sociais e pronunciamentos proferidos na tribuna da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Ao longo das 236 obras que compõem a publicação, é possível fazer uma retrospectiva do ano de 2015 com as principais acontecimentos em âmbito estadual, nacional e mundial, período, que segundo o autor, é marcado por intolerância, ódio, tragédias e crime ambiental.

De acordo com Durval Ângelo, os artigos também são uma reflexão para buscar novos caminhos. “Tais reflexões, muitas vezes, sobre temas polêmicos, espinhosos e até impopulares, foram antes de tudo, uma tentativa de vislumbrar novos caminhos nesses tempos sombrios”, destacou.

O livro conta com a apresentação do presidente da Assembleia, Adalclever Lopes, e com prefácio do governador Fernando Pimentel.

Biografia

Durval Ângelo é deputado estadual em Minas Gerais, desde 1995, líder do governo Fernando Pimentel na Assembleia Legislativa e vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos. Graduado em Filosofia, Teologia, Pedagogia e especialista em Educação, pela UFMG, é professor licenciado e assessor do Centro Nacional de Fé e Política Dom Hélder Câmara (Cefep).

Autor de vários livros, percorre estilos e temas variados, tais como direitos humanos, política, religião, educação, cidadania e participação popular. Entre suas obras, estão: O voo do tucano (1999); Fé e política: fome e sede de justiça (2001); Palavras encantadas (2002); Palavras e atos (2006); O direito de ter direitos: a mais-valia dos desvalidos (2009); Mobon: missão e fé libertadora (2011); Apac: a face humana da prisão (2014); e Herança maldita: o desgoverno tucano em Minas (2015).