O deputado Durval Ângelo (PT) participou, no último final de semana, em Diamantina, da quarta edição do Festival de História, ao lado de colegas professores e historiadores de todo o País. Na abertura do evento, que teve como tema a História a Quente, o parlamentar abordou a importância da educação para a promoção da cultura da paz e da tolerância em tempos tão sombrios como os que estamos vivendo.

Viver, sentir e debater os desafios da História em um tempo cada vez mais acelerado por reviravoltas, encontros e desencontros que se sucedem a um piscar de olhos. Este foi o convite temático da quarta edição do Festival de História, que contou com atividades de literatura, prosas com autores, historiadores e jornalistas, oficinas, mini-cursos e múltiplas manifestações e performances culturais. Esteve em pauta, os embalos da “História a Quente”, das sociedades midiáticas ao Grande Irmão; do humor em tempos de intolerância; do feminismo e luta das mulheres; dos estertores da Nova República; das Chicas da Silva, mitos e fatos; das utopias e centenário da revolução russa; da História do samba e da resistência; dentre outros temas.