Os municípios de Buritizeiro, Datas, Itamarandiba e São Francisco do Glória receberam, na última segunda-feira (02/04), kits de patrulha mecanizada, compostos por um trator agrícola, uma carreta agrícola com capacidade para quatro toneladas e uma grade aradora de controle remoto. Os kits para os municípios foram destinados por meio de emenda do deputado, e entregue pelo governador Fernando Pimentel, em cerimônia realizada no Palácio da Liberdade.

No total, 24 cidades mineiras receberam o kit. Os equipamentos serão utilizados nos serviços de recuperação de solos, preparo de áreas para plantio, tratos culturais, colheita, construção, recuperação e conservação de estradas vicinais.

“Espero, desta forma, contribuir para o fomento da produção rural nos municípios, auxiliando para que os pequenos agricultores e comunidades rurais tenham melhores condições”, destacou Durval Ângelo.

O governador Fernando Pimentel ressaltou o olhar diferenciado desta gestão, tendo como principal objetivo atender às necessidades da população. “Há governos que fazem outro tipo de entrega, entregam prédios luxuosos, caríssimos. Tem um ali na estrada que vai para o aeroporto de Confins que custou R$ 2 bilhões, cuja a utilidade é praticamente nenhuma para o Estado, para os municípios e para a população. Outros, e o nosso está no campo dos outros, preferem as entregas que são voltadas para melhorar, de fato, a qualidade de vida das pessoas que moram nos pequenos, médios e mesmo nos grandes municípios desse Estado. Com pouco dinheiro, crise orçamentária, dificuldades, bloqueios sistemáticos do governo federal contra nós, continuamos insistindo em fazer as entregas que mudam para melhor a qualidade de vida dos mineiros e das mineiras. É esse o nosso objetivo”, finalizou.

Reforço para o campo

O kit patrulha mecanizada busca estimular e fortalecer a agricultura familiar de Minas Gerais. A oferta de mecanização aos municípios contribui significativamente para permanência do homem no campo, pois auxiliam no combate de um dos maiores problemas no setor rural brasileiro e mineiro, que é a falta de mão de obra, propiciando o aumento da produtividade e, consequentemente, de renda aos agricultores familiares.

O equipamento contribui ainda diretamente com a preservação ambiental, por meio da conservação de estradas vicinais, construção de terraços e outros tratos culturais, reduzindo a erosão das áreas agricultáveis e assoreamento dos cursos d’agua e das nascentes. Fortalece o associativismo e cooperativismo por meio da gestão das patrulhas agrícolas pelas associações de produtores rurais. Consolida a gestão participativa e fortalece as comunidades rurais no processo produtivo; no aumento da renda, através de maior agilidade no preparo da terra, redução da mão de obra no plantio e adoção de técnicas mais modernas de plantio.