O teólogo e escritor Leonardo Boff encontrou-se nesta segunda-feira, 7, com o ex-presidente Lula na sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde há 30 dias Lula é mantido como preso político.

Em entrevista coletiva após o encontro, que durou cerca de uma hora e trinta minutos, Boff afirmou que Lula está “muito bem, com disposição e vigor”. “Esta situação de viver numa solitária, se dó poder conversar com os guardas que trazem a comida faz com que ele leia muito, reflita muito. Ele até mandou um recado, para dizer que ele é candidatíssimo”, disse Leonardo Boff.

O escritor disse também que Lula só irá abandonar sua candidatura o dia em que o juiz Sérgio Moro trouxer uma única prova da acusações contra ele. “Lula quer voltar ao poder para dar centralidade nas políticas públicas voltadas aos pobres”, afirmou. “Que o centro do poder seja orientado para aqueles que sempre foram excluídos”, acrescentou.

 

Fonte: Brasil 247