A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza na próxima segunda-feira (17/11/14), às 19 horas, no Auditório, apresentação do livro “A Fraternidade como Direito Fundamental entre o Ser e o Dever Ser na Dialética dos Opostos de Hegel”, da professora e doutora Maria Inês Chaves de Andrade.

Vice-presidente da ONG O Proação e diretora financeira da ONG Movimento Paz na Serra, Maria Inês busca explicar no livro a relação entre a fraternidade e a razão. Na obra, ela trata a fraternidade como componente do ser humano e descobre várias das suas facetas na organização da sociedade.

Para o presidente da comissão, deputado Durval Ângelo (PT), que solicitou a audiência pública para o lançamento da obra, o livro faz uma importante reflexão sobre a fraternidade como um direito fundamental.

Convidados – Foram chamados a participar do evento a autora, Maria Inês Chaves de Andrade; o desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais e professor da Universidade Fumec, Luís Carlos Balbino Gambogi; o professor doutor da Universidade de Lisboa, Fausto Quadros; a coordenadora Especial de Políticas de Diversidade Sexual da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Walkiria La Roche; o professor de direito da Universidade Federal do Ceará, Márcio Augusto de Vasconcelos Diniz; a presidente da ONG O Proação, Ângela Maria Proença; e a professora do Centro Universitário UNA, Taciana Nogueira de Carvalho Pieroni.